Home » Uncategorized » ABERTO O ANO ACADÉMICO 2017 NA UNIVERSIDADE JEAN PIAGET DE MOÇAMBIQUE

 
 

ABERTO O ANO ACADÉMICO 2017 NA UNIVERSIDADE JEAN PIAGET DE MOÇAMBIQUE

 

ufmf2

caf2

rff

repo

A cerimónia de abertura solene do ano académico 2017 que teve lugar no dia 30 de Março de 2017 no Campus Universitário em Inhamizua – cidade da Beira, foi honrada pela presença de Sua Excelência Su Jian, Embaixador da República Popular da China na República de Moçambique, a convite da Reitoria desta Universidade. O ilustre convidado proferiu uma Oração de Sapiência subordinada ao tema:  “China, um Parceiro Estratégico da Àfrica e de Moçambique”.  A Oração de Sapiência teve como principais linhas de força as seguintes: (1) China, a Segunda Economia Mundial; (2) O Papel da China no Desenvolvimento de África; (3) A Parceria e Cooperação entre Moçambique e China, uma Referência para os demais Países Africanos e (4) As Oportunidades dos Estudantes Moçambicanos no Intercâmbio e Cooperação entre a República de Moçambique e a República Popular da China.

A cerimónia foi testemunhada pelo Exmo. Senhor Dr. Manuel Zinhame Chicamisse, Director Provincial da Educação e Desenvolvimento Humano, em representação de Sua Excelência Dra. Maria Helena Taipo, Governadora da Província de Sofala e pelo Exmo. Senhor Dr. António José Chrystêllo Tavares, Cônsul Geral de Portugal na Beira. O evento contou com a presença dos membros do corpo docente, do corpo técnico administrativo e estudantes, para além de convidados dentre os quais se destacam o Excelentíssimo senhor Prof. Doutor Nobre dos Santos, Reitor da Universidade Zambeze, representantes dos senhores presidentes e administradores da Beira e do Dondo e de instituições de ensino superior existentes na cidade da Beira. A cerimónia também foi presenciada pelo Exmo. senhor Presidente do Clube Pássaro Azul.

No decurso do evento, o senhor Presidente do Clube Pássaro Azul procedeu à entrega ao Magnífico Reitor da UniPiaget de Moçambique, Prof. Doutor Rui Marcelino Cumbane e à Universidade Jean Piaget de Moçambique, um Diploma de Honra e um Galardão respectivamente, em reconhecimento da sua dedicação à causa do desenvolvimento de Moçambique.

Intervindo na ocasião, o Magnífico Reitor referiu que a UniPiaget de Moçambique sofreu, nos últimos anos, uma profunda reforma, ainda em curso, que é consubstanciada pela fixação de objectivos claros, concisos e quantificáveis, num quadro próprio de um sistema aberto. Refeiu ainda que essas transformações visam aproximar o sistema de gestão da UniPiaget de Moçambique a modelos organizativos mais consentâneos com as necessidades actuais em que a certificação, a monitorização e as avaliações interna e externa regulares da actividade da universidade e a construção de parcerias como se pretende com a Cooperação Chinesa, com as universidades nacionais ou estrangeiras e com o tecido empresarial, têm um papel fundamental.

É de referir que a UniPiaget de Moçambque acaba de passar pela avaliação interna e externa do curso de Engenharia de Construção Civil, esperando-se que nos próximos 12 meses o mesmo processo abranja todos os cursos que são ministrados por esta Universidade, como um dos requisitos básicos de garantia de qualidade, fixados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e técnico profissional da República de Moçambique.